Próteses de silicone

Tecnologia é responsável por próteses mais seguras

As cirurgias para aumentar a mama figuram ao lado da lipoescultura como sendo as mais procuradas pelas mulheres, respondendo por 50% dos procedimentos realizados hoje.

Para acompanhar essa tendência, as indústrias estão desenvolvendo próteses de silicone com tecnologia de ponta, que aliam segurança e são visualmente bonitas, por terem uma aparência natural. Graças a essa tecnologia, as atuais próteses não oferecem risco de vazamento.

O silicone também é usado em outras partes do corpo, como glúteos, membros inferiores (coxa e panturrilha) e em implantes faciais, para aumentar o queixo e o malar, que são as maçãs do rosto. Nos homens, o silicone pode ser colocado na região mamária, para simular uma musculatura peitoral desenvolvida.

Estão disponíveis no mercado as próteses de silicone com gel de alta coesividade e as salinas. Existem próteses de superfícies lisas, texturizadas e de poliuretano, a escolha vai depender da necessidade apresentada por cada paciente.

O pós-operatório da cirurgia de colocação de prótese de silicone é um dos mais simples e a recuperação é rápida. A partir de uma semana, o paciente já pode voltar às suas atividades habituais, inclusive dirigir o próprio automóvel.